quarta-feira, 15 de agosto de 2018

=> Sebrae aponta Negócios de Impacto Social como promissores no Brasil

De acordo com a instituição, o número de empreendimentos sustentáveis financeiramente e de impacto positivo em comunidades vem aumentando no país. Assunto está na pauta da 12ª Feira do Empreendedor

Negócios de impacto social já foram pouco atraentes como investimento, mas essa realidade vem mudando e a importância desse tipo de empreendimento ganha destaque a cada dia. São negócios que se configuram como agentes de transformação em um segmento que, em sua maioria, visa lucro. Um negócio desse tipo existe para buscar solução a um problema social, ambiental ou pela ampliação de um impacto socioambiental já produzido. A novidade é que esta solução é desenvolvida considerando a viabilidade econômica da intervenção, com base em estratégias e modelos de negócios. Ou seja, são soluções de negócios para problemas socioambientais. Uma importante diferença dos negócios de impacto social para os tradicionais é que esta iniciativa não é desenvolvida para um ganho pessoal, e sim, para benefício de um grupo de pessoas, desenvolvimento econômico e bem-estar de comunidades.

Um negócio que vem impactando socialmente o estado de Pernambuco é o da empresa Robolivre. Criada, em 2016, por sócios da área de tecnologia, a empresa oferece cursos de robótica, palestras e eventos para comunidades, escolas públicas e institutos, com a intenção de promover a transformação social e desmitificar a noção de que a tecnologia é algo difícil de fazer. “A gente dá o ensino básico para que os alunos aprendam a desenvolver a tecnologia a partir da montagem. E a nossa metodologia é mais aberta, indo além de brinquedos com peças de encaixe. Aprofundamos a programação e ensinamos a utilizar material reciclável para construir robôs”, explica Henrique Foresti, coordenador da Robolivre.

Esse empreendimento já conta com parcerias como o Instituto JCPM, o Instituto Shopping Recife, o projeto MeMaker, o Instituto Conceição Moura, Softex, CESAR, Fab Lab Recife, Robótica Livre e a Associação de Software Livre, atendendo cerca de mil estudantes no Recife e em Belo Jardim, no Agreste do estado. Ao todo, 5 mil pessoas já foram capacitadas pela Robolivre.

Para Alexandre Ferreira, analista do Sebrae-PE responsável por um dos projetos da instituição relacionado a negócios de impacto social, esse tipo de empreendimento ainda não pode ser considerado uma tendência, mas vem crescendo no Brasil e em Pernambuco. “Os negócios de impacto social estão tomando espaço. Não é fácil e vamos ter que lutar bastante para chegar numa situação ideal, porque muitos não querem empreender nessas áreas. Mas, aos poucos, é um segmento que vem crescendo e se destacando, pelos impactos que geram em comunidades e mudanças que causa na vida de muitas pessoas”, afirma.

Causar um impacto positivo em uma comunidade, ampliando as perspectivas de pessoas marginalizadas e criando possibilidades de geração de renda e autonomia financeira é o que vem sendo feito também por alguns negócios de impacto social na Ilha de Deus, que fica na zona sul do Recife. A ONG Saber Viver, que atua há mais de trinta e cinco anos na localidade, criou projetos de economia compartilhada na região com esses objetivos. Hoje, são desenvolvidos paralelamente um programa de culinária, com oficinas para jovens; um outro de turismo pedagógico para estudantes da rede privada de ensino, desmistificando a ilha e a vulnerabilidade social do lugar; outro de intercâmbio internacional, no qual jovens estudantes internacionais podem se hospedar no hostel da ilha, qualificado e mantido pelos moradores; um programa de incentivo à preservação do mangue. Todos eles com capacidade de subsistência individualmente.

Os negócios de impacto social serão um dos principais temas trabalhados na 12ª Feira do Empreendedor, que acontece de 29 de agosto a 1º de setembro, no Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda. Com um espaço de 192 m2 voltado para a temática, o propósito do Sebrae-PE é desmitificar e difundir o conceito desses negócios, contemplando discussões e experiências. O evento é aberto ao público mediante inscrições no site www.feiradoempreendedorpe.com.br

A Feira do Empreendedor – maior evento de empreendedorismo do estado de Pernambuco, a feira foi elaborada para atender novas demandas do mercado. Possibilita aos micro e pequenos empresários interação e networking, oportunidades de negócios e investimento, aprendizado e contato com as novas tecnologias e técnicas inovadoras. Em um único ambiente, os visitantes têm acesso a informações sobre abertura e gestão de empresas, linhas de crédito, franquias, impacto social, além de palestras e oficinas direcionadas ao desenvolvimento da cultura empreendedora em diversos segmentos. Promovida pelo Sebrae-PE, a feira acontece a cada dois anos, sempre trabalhando questões pertinentes ao contexto econômico, à realidade social, tendências e aos novos rumos do empreendedorismo em Pernambuco e em todo o Brasil.


Fonte: Cloves Teodorico - Dupla Comunicação

=> Circuito EJA: Turmas recebem orientação para enfrentamento da violência contra a mulher

Ação é extensão do projeto Maria da Penha vai à Escola e é dividido em quatro etapas

Como trabalho de extensão do projeto Maria da Penha vai à Escola, criado em 2015, a Secretaria da Mulher de Garanhuns iniciou nesta terça-feira (14), no distrito de São Pedro, a 11km do centro da cidade, o ‘Circuito EJA’. A ação, que consiste, inicialmente, na palestra para reflexão social sobre a violência contra a mulher, acontece com turmas da Educação de Jovens e Adultos (EJA). ontem, foi a vez de 40 estudantes da Escola José Ferreira Sobrinho participarem do momento. Nesta quarta-feira (15), o encontro será com professores da Escola Professor Antônio Gonçalves Dias, o Caic. Ao todo, nove grupos de EJA ainda serão visitados ao longo dos próximos meses. 

A proposta tornou-se realidade após a verificação da necessidade de expandir o público-alvo das ações educativas promovidas nos ambientes escolares e expandir a discussão sobre a importância da preservação de paz na sociedade e respeito às mulheres. De acordo com a coordenadora do projeto e secretária da Mulher de Garanhuns, Walkíria Alves, os levantamentos comprovam que o número de denúncias aumentou, pois as vítimas estão mais encorajadas a denunciar os atos de violência. “É preciso reconhecer os frutos desse árduo e incansável trabalho que fazemos nos quatro cantos da cidade, com diferentes gerações. Percebemos o quanto conseguimos diminuir situações de risco e empoderar diversas histórias. Essa é só mais uma etapa de uma luta constante”, pontua. 

Iniciada ontem, a primeira etapa do Circuito EJA funcionará como acesso à informação por meio de palestra com dados estatísticos e imagens, gerando aproximação com o assunto central. A segunda etapa levará um profissional da área de enfrentamento para a sala de aula. Na terceira, eles irão preparar trabalhos com foco nas discussões resultantes. Por fim, um livro com o resultado dos trabalhos apresentados pelos próprios estudantes deverá ser produzido pela Secretaria da Mulher — o lançamento da obra será divulgado posteriormente. 


Texto e foto: Cloves Teodorico — Secom/PMG

=> CLIPAGEM: PESQUISA COM TURISTAS REVELA SURPRESAS

Uma pesquisa realizada em Garanhuns pelo Instituto Contexto, no período do último Festival de Inverno (21 a 28 de julho), revelou dados interessantes  e até surpreendentes sobre o que o turista acha da cidade e do evento. 

No geral fica claro que o visitante aprova a programação multicultural do FIG, gosta do clima da Suíça Pernambucana e muitos já vieram até mais de seis vezes prestigiar a festa.

A maioria dos turistas é formada por  jovens, são pessoas de bom poder aquisitivo e a maior parte deles tem curso superior. 

Os visitantes gostaram tanto da cidade que mais de 80% deles disseram que pretendem voltar a Garanhuns num período fora do Festival de Inverno.

O Instituto Contexto realizou 326 entrevistas, exclusivamente com turistas.

Vamos aos números:

- 51,23% dos entrevistados foram mulheres e 48,77% homens

- De acordo com a pesquisa, 45% dos visitantes são jovens, 22% deles com no máximo 24 anos. Apenas 9% têm mais de 60 anos.

- A maioria dos pesquisados tem com curso superior. Dos que responderam os questionários,  65% terminaram faculdade.

- A renda familiar é alta: 39,8% ganham até cinco salários mínimos, 25% entre 6 e 10 salários, 14,11% recebem acima de 10 mínimos.

- Dos entrevistados, 61,96% responderam que já tinham vindo ao FIG em outras ocasiões. Outros 38,04% revelaram que em 2018 vieram primeira vez.

- Mais da metade dos entrevistados (54,46%) já veio quatro vezes ou mais ao Festival de Inverno.

- 44,17% dos turistas ficam de três a cinco dias na cidade e 29,45% permanecem seis dias ou mais em Garanhuns durante o evento.

- 26,99% dos visitantes ficam em hotel

- 26,99% optam por casas de amigos

- A alternativa de 25,77% são as casas de familiares

- Outros 10,43% alugaram um imóvel

- O principal motivo de vir a Garanhuns em julho: 29,45% vieram pela programação multicultural do FIG.

- Já 24,54% têm como principal atrativo o frio da cidade; outros vêm por determinados artistas, para conhecer a cidade, visitar amigos ou parentes.

- O que mais gostou na vinda a Garanhuns?

- O clima frio foi a resposta de  26,99% dos entrevistados, um percentual de 13,50% marcaram que o melhor foi a pluralidade do evento,  atrações agradaram mais a 9, 82% e pontos turísticos 9, 82%.

- O que menos gostou?

- A programação do Palco Principal: 5,52%, muita chuva 4,91%, censura da peça, 4,29%, muito lixo nas ruas 3,68% pouca lixeira 3,07%, show de Daniela Mercury 1, 23%.

- Pretende voltar a Garanhuns fora do período do Festival? 

- Os números são expressivos: 82,82% gostariam de retornar à cidade em outra oportunidade.

- De acordo com a pesquisa, os turistas aprovaram a iluminação pública da cidade, a segurança durante o evento, a limpeza pública, a variedade dos restaurantes e o comportamento dos garanhuenses (aprovação de 90, 18% para o nosso povo).

- Dos mais de 300 turistas entrevistados, 76,69% eram de municípios pernambucanos, 7,98% de Alagoas, 4,29% da Paraíba, 3,07% do Ceará,  2,45% de São Paulo, 2,45% de Sergipe, 1,84% do Rio Grande do Norte,  0,61% do Amazonas e 0,61% do Maranhão.

- Uma aprovação menor foi detectada no atendimento dos bares (58,28%) e no comércio (65,64%).

*Os agradecimentos do blog a Olívio Barros, do Instituto Contexto, por disponibilizar os dados da pesquisa.


Texto / Fonte: Blog de Roberto Almeida

=> Garanhuns realiza atividades durante Semana da Pessoa com Deficiência


Abertura oficial do evento acontecerá nesta quinta (16), na Autarquia do Ensino Superior de Garanhuns

erá início, na próxima quinta-feira (16), em Garanhuns, a Semana Estadual da Pessoa com Deficiência. A abertura oficial será realizada no auditório da Autarquia do Ensino Superior de Garanhuns (Aesga), a partir das 14h. O evento, que neste ano possui o tema “Liberdade é ter compaixão: todos contra a discriminação”, é promovido pela Prefeitura de Garanhuns, em parceria com o Conselho Municipal de Defesa das Pessoas com Deficiência (Comud), Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae), Associação dos Deficientes Visuais do Agreste Meridional de Pernambuco (Advampe), Associação de Surdos do Agreste Meridional de Pernambuco (Asampe) e a Associação de Pessoas com Deficiência de Garanhuns (Apecomdeg).

Até o fim de agosto, serão promovidas diversas ações no intuito de sensibilizar e conscientizar a população e os órgãos públicos e privados acerca dos direitos fundamentais das pessoas com deficiência. Como uma forma de promover o debate sobre a efetivação de programas e políticas públicas. Na ocasião de abertura, o tema central será discutido em um primeiro momento, com o coordenador do Comud, José Juca. Logo após, haverá outro momento de debate, com a participação da coordenada de Educação Inclusiva do município, Rosineide Chaves; além da exposição do tema com o advogado Jarbas Trindade.

A Semana Estadual da Pessoa com Deficiência foi instituída pela lei estadual 13.381 de 21 de dezembro de 2007, e em Garanhuns já é vivenciada há sete anos, com o apoio da Prefeitura em ações como: fiscalização de estabelecimentos em relação a acessibilidade, campanhas de conscientização sobre o respeito às vagas de trânsito destinadas às pessoas com deficiência, palestras nas Unidades Básicas de Saúde (UBS’s) e Escolas da Rede Municipal e Estadual de Ensino, entre outros.

Projeto Artincluir — Ao longo deste mês, a Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH) também vai promover ações como o Projeto Artincluir, que irá realizar um show de talentos para pessoas com deficiência, no dia 28 de agosto, no Parque Euclides Dourado. Os interessados poderão participar em categorias como teatro, música, dança, piadas e stand up. As inscrições seguem até o dia 22 deste mês, e podem ser feitas no setor de acessibilidade da SASDH, localizada na avenida Rui Barbosa, nº 807, no bairro Heliópolis; na Casa dos Conselhos, na avenida Ernesto Dourado, 890, bairro Heliópolis; ou na sede da Secretaria de Turismo e Cultura, no Centro Cultural Alfredo Leite Cavalcanti, na avenida Afonso Pena, S/N, bairro São José. 


FONTE:Assessoria de Comunicação Social e Imprensa — ACSI

terça-feira, 14 de agosto de 2018

=> BLOGATIVO parabeniza a pequena Heloísa


O BLOGATIVO: o blog dos Eventos, Turismo, Educação, Atualidades e Acontecimentos parabeniza nossa amiguinha pelo seu aniversário.



pequena Heloísa é filha da psicóloga e influenciadora digital (Youtuber em Garanhuns) Iranete. 


TODA EQUIPE BLOGATIVO DESEJA A VOCÊ: MUITOS ANOS DE VIDA; FELICIDADE, SUCESSO, SAÚDE E REALIZAÇÕES!!!

=> Vagas de emprego em Pernambuco publicada no site da Jooble (Jaboatão dos Guararapes, Recife e Bezerros)

Um dos parceiros do BLOGATIVO, o portal Jooble que divulga vagas de empregos em todo o país, está divulgando hoje as seguintes vagas de empregos para o municípios de: Jaboatão dos Guararapes, Recife e Bezerros.

->Estagiário em Marketing (Jaboatão dos Guararapes),  vaga disponível no link: https://www.empregos.com.br/vagas/estagiario-em-marketing/jaboatao-dos-guararapes/pe/5682905?5682905&Origem=L448

->Designer Gráfico (Jaboatão dos Guararapes) vaga disponível no link: https://www.empregos.com.br/vagas/designer-grafico/jaboatao-dos-guararapes/pe/5682865?5682865&Origem=L448

-&gtDepiladora (Recife) vaga disponível no link: https://www.jobbol.com.br/vagas/150147-depiladora-recife-pe-150147-tempo-integral?utm_source=jooble&utm_medium=cpc&utm_campaign=allvacancies

->Motorista Carreteiro (Recife),  vaga disponível no link: https://www.jobbol.com.br/vagas/150159-motorista-carreteiro-recife-pe-150159-tempo-integral?utm_source=jooble&utm_medium=cpc&utm_campaign=allvacancies

->Assistente Comercial (Bezerros) vaga disponível no link: https://www.jobbol.com.br/vagas/150152-assistente-comercial-bezerros-pe-150152-tempo-integral?utm_source=jooble&utm_medium=cpc&utm_campaign=allvacancies


Todas as vagas anunciadas no site da JOOBLE cujo o acesso para outras pesquisas podem ser obtidas ao clicar na logomarca deles na lateral do blog.

=> Colégio Santa Joana D´Arc vivenciará a Semana Nacional da Família com palestra (Garanhuns)


=> Encontro gratuito em Garanhuns discute a literatura indígena


Hoje, terça-feira (14), será realizado o primeiro Seminário Filig de Leituras deste ano, no Sesc, com participação da pesquisadora Sueli Cagneti, de Santa Catarina.

Com o tema “A cultura e a literatura indígenas à luz do pensamento contemporâneo”, o Festival Internacional de Literatura Infantil de Garanhuns promove, nesta terça-feira (14), o seu primeiro Seminário Filig de Leituras deste ano. Serão disponibilizados, gratuitamente, 150 ingressos, que poderão ser retirados até o dia do evento. As inscrições podem ser realizadas pelo site da Sympla (https://bit.ly/2ve3BAX).

“Entendemos que nosso papel vai além da criação de uma agenda literária. Nós buscamos é a formação continuada de público e, para isso, passamos pelas capacitações dos agentes que atuam nesse campo”, afirma John Alencar, gerente geral da Ferreira Costa, que realiza o projeto com a Proa Cultural. O tema do Seminário acompanha o escolhido para o trabalho desta edição do Festival, a cultura indígena em toda a sua diversidade de práticas e crenças, respeito à natureza, rituais religiosos e sua importância cultural, social e histórica. “Mais que falar sobre esse povo, vamos trazer integrantes de tribos para fazerem parte”, defende.

A partir das 8h, o encontro vai reunir, no Salão Jaime Pincho, no Sesc da cidade, professores, mediadores de leitura e mestres da comunidade indígena para uma roda de conversa com a participação da escritora e pesquisadora catarinense Sueli Cagneti. Com um trabalho voltado para os estudos sobre a literatura infanto-juvenil, a professora e pesquisadora catarinense fez doutorado na Universidade de São Paulo (USP) e pós-doutorado na Itália. Tem, ao todo, sete livros publicados, entre eles “Trilhas literárias indígenas”.

O seminário será realizado em dois turnos: das 8h às 12h e das 14h às 16h. De manhã, haverá a palestra da escritora convidada, Sueli Cagneti, que vai discutir o tema do encontro, com mediação da professora Silvania Nubia Chagas. À tarde, será realizada a mesa “Cultura indígena – Um povo em forma de história na escola e na literatura”, com os professores Elisa Pankararu, da cidade de Tacaratu, no Sertão, e Expedito Fulni-ô, de Águas Belas, no Agreste, e mediação de Sueli.

“Nas edições anteriores, conseguimos formar uma rede ampla de diálogo e formação, que envolvia profissionais de escolas municipais e doação de acervos para ampliar o acesso à leitura. Vamos dar sequência neste ano”, avalia a produtora executiva da Proa Cultural, Maria Chaves. O segundo Seminário Filig de Leituras está previsto para setembro, também no Sesc.

*Filig* – A quarta edição do Festival Internacional de Literatura Infantil de Garanhuns terá seminários de formação para professores, bibliotecários e mediadores de leitura todos os meses, tendo culminância entre os dias 18 e 20 de outubro. Durante o período, o festival vai promover séries de atividades literárias gratuitas para família. O Filig é uma realização do Ministério da Cultura (MinC), por meio da Lei de Incentivo à Cultura, idealizado pela Proa Cultural e Ferreira Costa, com apoio da Prefeitura de Garanhuns, por meio da Secretaria de Educação Municipal, e do Serviço Social do Comércio (Sesc) Garanhuns.

*Serviço – Seminário Filig de Leituras*
Local: Salão Jaime Pincho, Sesc Garanhuns, Rua Manoel Clemente, 136, Centro
Data: 14 de agosto
Horário: das 8h às 16h
Inscrição gratuita e online: https://bit.ly/2ve3BAX


Fonte: Cloves Teodorico - Dupla Comunicação

=> Pedido de entrada no Brasil cresce 42% com visto eletrônico

Número corresponde a entrada em vigor do benefício para quatro países e poderá resultar em US$ 41,2 milhões a mais na economia brasileira

Desde a implantação do visto eletrônico para cidadãos de quatro países - Austrália, Canadá, Estados Unidos e Japão - o número de pedidos para o visto brasileiro apresentou aumento significativo. Entre fevereiro e julho deste ano foi registrado um crescimento de 42%. Levando em conta o gasto médio dos turistas destes países, caso as solicitações se revertam em viagens, poderá haver uma injeção de US$ 41,2 milhões na economia brasileira.

O período analisado corresponde ao início de funcionamento da medida para todos os países. No mesmo período, de 121.959 pedidos de visto, 95.417 foram realizados pelo meio eletrônico, o que representa 78% de adesão ao sistema. No total, mais de 100 mil vistos já foram solicitados.

O impacto da medida de facilitação entre os cidadãos canadenses resultou em 50% a mais no pedido de e-Visa para o Brasil, seguido dos Estados Unidos (45%), Austrália (35%) e Japão (23%). Segundo a Organização Mundial do Turismo, iniciativa como esta podem representar em um incremento de 20% de visitantes estrangeiros entre os países que adotam essas políticas.

“Precisamos abrir nosso país para visitantes de outros países e, assim, trazer novas divisas para movimentar a economia brasileira. O setor do turismo tem muito a contribuir com a economia brasileira e esses numeram comprovam isso. Fizemos o movimento correto mas ainda precisamos avançar mais”, explicou o ministro do Turismo, Vinícius Lummertz.

De acordo com os dados do Ministério das Relações Exteriores, os Estados Unidos, segundo maior emissor de estrangeiros para o Brasil, lidera a lista de solicitações. Entre fevereiro e julho foram 87.349 pedidos, sendo 69.808 pelo meio eletrônico. Em segundo lugar aparece Japão (14.272), seguido de Canadá (10.333) e Austrália (10.005).

FACILIDADE - O visto eletrônico simplifica e barateia o processo de solicitação da autorização de entrada no Brasil. O valor passou de US$ 160 para US$ 40 (além de uma taxa de US$ 4,24) e o prazo médio, que era de 30 dias, caiu para, em média, até cinco dias uteis em um processo todo eletrônico.



Fonte: Ascom do Ministério do Turismo

=> Comemoração dos 50 anos do Mercado Público Municipal 18 de Agosto (Garanhuns)

Em comemoração ao aniversário de 50 anos do Mercado Público Municipal 18 de Agosto, o Governo Municipal de Garanhuns, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, irá promover uma ação social para os comerciantes do local na próxima segunda-feira (20), com diversos serviços como corte de cabelo, barbearia, avaliação nutricional, teste rápido, aferição de pressão, saúde bucal e vacinação, ofertados pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac) e  pela Secretaria Municipal de Saúde. A Biblioteca Ler É Preciso fará uma apresentação cultural com contação de histórias sobre o mercado e a Orquestra Manoel Rabelo alegrará o evento com sua musicalidade. O evento será realizado no próprio Mercado 18 de Agosto, a partir das 9h, seguindo até às 13h.


Serviço – Comemoração do Mercado Público Municipal 18 de Agosto
Data: 20 de agosto
Local: Rua Manoel Borba, Centro
Horário: 9h às 13h


FONTE: Assessoria de Comunicação Social e Imprensa (ACSI)